• Luiz Fernando Arêas

O SENHOR CONFORTA

Bom dia.


Leia: Neemias 1.1-11


Nas Escrituras, os nomes são importantes. Quando os pais davam nomes a seus filhos, esse gesto vinha carregado de esperança e desejo de que eles fossem, de alguma forma, abençoados.

Frequentemente esses nomes eram ligados a Deus. Vários nomes na Bíblia terminam com “EL” (Deus, em hebraico) e “IAS”, (parte do nome de Deus, que traduzimos por SENHOR). Exemplos: Daniel (Deus é meu Juiz), Ezequiel (Deus fortalece), Joel (O Senhor é Deus); Isaías (O SENHOR é salvação), Jeremias (O SENHOR designa), Zacarias (O SENHOR se lembra), Elias (Meu Deus é o SENHOR).


O SENHOR conforta” é o significado de Neemias, homem temente a Deus, servo admirável, exemplo de uma espiritualidade sadia (com os olhos fitos nos céus e os pés firmes na terra). Alguém absolutamente conectado com o mundo ao seu redor e com Deus. Ele discerne seu momento na história e descobre sua vocação por meio da profissão, copeiro (cargo de confiança) do homem mais poderoso de seu tempo, o rei persa Artaxerxes.


O livro de Neemias narra a reconstrução dos muros de Jerusalém, após o retorno do exílio. Sua excelência no trabalho junto ao rei será demonstrada no desenrolar da história. Há inúmeros ensinamentos sobre espiritualidade, oração, liderança, vocação, reconstrução, cooperação, crise, oposição e fidelidade, para citar alguns.


Ele pergunta a amigos como está Jerusalém e seus habitantes. A resposta o comove, pois a situação é desoladora. Neemias ora, jejua e pede a Deus que mova o coração do rei Artaxerxes, para que atenda ao seu pedido de ir reconstruir os muros de Jerusalém. O rei não apenas atende, mas patrocina o empreendimento!


Apesar da posição privilegiada e do excelente emprego, Neemias permanece sendo um homem de oração. A estabilidade profissional não é obstáculo para sua devoção. Olhando para Deus e para a história, Neemias tem a consciência do que Deus estava fazendo em sua vida.


Ora et Labora era o lema dos monges beneditinos. Neemias ora e trabalha, Seu trabalho não o impede de servir a Deus. Ao contrário, ele coloca sua profissão a serviço da sua vocação.

“A oração me revela quem eu sou. A falta de oração me impede de ter uma visão clara de mim mesmo.”

Ricardo Agreste


Um belo aspecto do texto de Neemias é o fato dele ser um diário pessoal. Por exemplo, no capítulo 4, diante da oposição daqueles que não queriam a reconstrução dos muros de Jerusalém, Neemias interrompe a narrativa assim:

Então orei: “Ouve-nos, nosso Deus, pois estamos sendo ridicularizados. Que essa zombaria caia sobre a cabeça deles, e que eles próprios se tornem prisioneiros numa terra estrangeira! Não ignores sua culpa. Não apagues seus pecados, pois provocaram tua ira aqui, diante dos construtores”. (Neemias 4.4,5)

À medida em que a história se desenrola, Neemias vai documentando em detalhes as suas dificuldades e, entre elas, suas orações e súplicas a Deus, “buscando conforto” para realizar uma tarefa quase impossível. Esse servo de Deus nos mostra o que a "oração engajada" pode fazer em sua vida.


E ele consegue! Apesar dos inimigos, da oposição externa e interna, e da sucessão de dificuldades, os muros de Jerusalém são reconstruídos em apenas 52 dias. Neemias é um exemplo do que Deus pode fazer através de alguém comprometido a ser usado por Ele.


Faça uma revisão da sua espiritualidade e responda:

- O que Deus está fazendo em sua vida neste momento?

- Como você pode exercer sua vocação através da sua profissão?


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo