• Luiz Fernando Arêas

SERVO BOM E FIEL

Bom dia.


Leia: Josué 14.6-15



Vivemos num mundo imediatista. E como nossa paciência tem sido necessária, num contexto que a maioria dos sonhos teve a tecla pause acionada, ou pior, a tecla delete.


Por isso, quando nos deparamos com a história de um sonho, de uma espera, de uma conquista, como a de Calebe, ela pode nos causar estranheza, mas também pode nos relembrar de coisas importantes.

Nosso maior problema não é a falta de fé, é a falta de paciência e confiança na sabedoria de Deus.

Eugene Peterson, 1932-2018



A promessa que o Senhor fez a Calebe foi essa:

“Porém o meu servo Calebe, visto que nele houve outro espírito, e perseverou em seguir-me, eu o farei entrar a terra que espiou, e a sua descendência a possuirá.” (Números 14.24)

Calebe poderia ser protagonista da parábola dos talentos, sendo aquele empregado que ouviu de seu senhor: servo bom e fiel (Mateus 25.14-30). Vejamos alguns ensinamentos desta passagem.


Esperançoso Calebe! As promessas do Senhor não envelhecem, nunca caducam. Nenhuma palavra do Senhor cai por terra: “eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.” (Jeremias 1.12; 2Pedro 3.8,9). Calebe esperou quarenta e cinco anos para ver o cumprimento da promessa do Senhor. Bateu o recorde de Abraão, que esperou cerca de vinte e cinco anos por Isaque.


Perseverante Calebe! Não há sonho impossível se o sonho for de Deus.Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas.” (Lucas 1.37). Não importa quanto tempo leve, nem quão difícil e irrealizável pareça o sonho. Se o sonho foi dado por Deus, há de se cumprir. Há sonhos de Deus na Sua Palavra que ainda não se cumpriram, mas certamente se tornarão realidade.


Confiante Calebe! Sua confiança no Senhor era inabalável. A confiança de Calebe no Senhor era notável. Assumiu oposição contra todos no relatório dos espias; correu o risco de ser apedrejado; e, ao reivindicar Hebrom, demonstrou que sua confiança não estava na sua espada, mas no fato de que o Senhor seria com ele, como prometeu.


Admirável Calebe! Sua força vinha sendo nutrida por 45 anos de inabalável confiança na promessa de Deus. Ele era alguém que alimentava seus sonhos com a Palavra e as promessas de Deus. Conhecia a Palavra de Deus e não a negligenciava.


Tudo o que temos de decidir é o que fazer 
com o tempo que nos é dado. 
Galdalf ("O SENHOR DOS ANÉIS")

A passagem de Calebe pergunta a mim e a você: Até onde vai sua confiança no Senhor? Será que ela suportaria quarenta anos de deserto e cinco anos de lutas contra os cananeus?


Como está a sua confiança em Deus nesses tempos de pandemia? Ele não deixou de ser Deus. Continua soberanamente assentado em seu trono e, de lá, rege cada uma das nossas vidas.


Você pode estar com 85 anos e ainda ter montanhas e povos para conquistar. Se o Senhor estiver com você, e se a sua confiança estiver nele, persevere, servo bom e fiel.


“Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” (Apocalipse 2.10)

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo