• Luiz Fernando Arêas

MAIS QUE PALAVRAS

Bom dia.


Leia Tiago 1.19-27.


Um dos aspectos mais fascinantes da Bíblia é que ela tem mensagens de todos os tipos. Cerca de sessenta autores, de culturas, posições sociais e tempos diferentes, foram usados por Deus para a produção da Escritura.


Há momentos em que precisamos ser acolhidos com palavras carinhosas, mas também há aqueles em que precisamos ser confrontados em nossas vidas. Tiago é especialista nessa última forma. Se ele falava como escrevia, seus amigos podiam esperar dele clareza e assertividade em suas conversas. Sem preâmbulos ou rodeios, suas palavras contundentes vão direto ao ponto.


A questão principal que ele aborda em sua carta é a religiosidade falsa, aquela que tem aparência sem essência; a fé vazia, que tem performance sem atitude; a hipocrisia, que tem expressão exterior sem vida interior. Por isso, ele exorta seus leitores a irem além do ouvir a palavra de Deus, e colocarem-na em prática.


O mundo está cheio de pessoas que frequentam igrejas, mas que não vivem aquilo que ouvem. Agora, escrevi como Tiago...


Olhando para os cristãos de seu tempo, o filósofo ateu Friedrich Nietzsche (1844-1900), outro contundente com as palavras, fez a seguinte crítica:

"Vocês cristãos me dão enjoo! Porque vocês, redimidos, não parecem que são redimidos."

Nietzsche


Tiago afirma que para se cultivar a verdadeira religião, a espiritualidade saudável, alguns passos são necessários:


É preciso ouvir a palavra (v. 19). Devemos “digerir”, “processar”, "ruminar" a palavra, deixar que ela ecoe dentro de nós. Deus nos deu uma boca e dois ouvidos. Mas, apesar dessa proporção, normalmente falamos mais e ouvimos menos do que deveríamos.


É preciso receber a palavra de Deus com humildade (v. 21). Devemos aceitar humildemente a palavra que nos foi implantada no coração, e essa aceitação precisa resultar em mudança de vida, “na remoção de toda impureza e maldade”.


É preciso colocar a palavra em prática (v. 22-24). Jesus disse no fim do Sermão do Monte, que aquele que ouve suas palavras e as pratica, é sábio, constrói sua casa sobre a rocha. Porém, muitos que estavam ali, que ouviram o famoso Sermão (diretamente da Fonte), não praticaram suas palavras. Por isso, construíram a casa na areia, e a casa caiu!


É preciso dominar a língua (v. 26). Se seguirmos todo esse processo, ouvirmos a palavra, a acolhermos da maneira correta e colocá-la em prática, o resultado será uma língua dominada, outro importante assunto tratado por Tiago.


A religião pura e verdadeira resulta em boas ações sociais e vida íntegra, abençoando o mundo sem se corromper por ele.

Eu e você precisamos ler Tiago com frequência e praticar seus ensinos. Caso contrário, endossaremos as palavras de Mahatma Gandhi (1869-1948):

“Não conheço ninguém que tenha feito mais para a humanidade do que Jesus. De fato, não há nada de errado no cristianismo. O problema são vocês, cristãos. Vocês sequer começaram a viver segundo os ensinos dele.”

Gandhi

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

DECISÕES