• Luiz Fernando Arêas

TEU É O REINO, O PODER E A GLÓRIA PARA SEMPRE, 1/4

Bom dia.


Leia Salmo 29


Este post inicia uma série de quatro reflexões sobre o Salmo 29, chamada: TEU É O REINO, O PODER E A GLÓRIA PARA SEMPRE

O salmo 29 é muito significativo, pois menciona "Senhor" dezoito vezes. Se incluirmos o uso das palavras "Deus" e "Rei", além dos pronomes, temos Deus mencionado pelo menos vinte e cinco vezes em onze curtos versos.


O único versículo sem o nome de Deus é justamente o do meio do salmo (v. 6). Isso demonstra o cuidado artístico de Davi com cada palavra e verso da sua composição.


Este é um poema dominado pela gloriosa majestade do Senhor. A cena se desenrola em alguns palcos diferentes. O cenário inicial é o céu, onde os anjos lhe prestam honra. Em seguida, uma tempestade se manifesta. As forças mais poderosas experimentadas pelos antigos eram os terremotos, o enfurecido mar e as intensas tempestades, e todas elas estão presentes neste salmo. A morte e a ressurreição de Cristo são antecedidas por terremotos. É o poder de Deus sendo anunciado pela criação.

A criação é tanto um monumento ao poder de Deus quanto um espelho através do qual podemos ver sua sabedoria.

Thomas Watson, 1620-1686.


O que são o céu, a terra, o mar, senão uma folha de papel do Rei, escrita de ambos os lados com a sabedoria e o poder de Deus?

Thomas Brooks, 1608-1680


A Bíblia fala no tom de voz do próprio Deus.
C. H. Spurgeon,  1834-1892

A voz de Deus ressoa majestosamente todos os dias sobre a criação.

Busque a Deus e Ele deixará que você o ache (Jeremias 29.13). Ouça a Sua voz.

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo