• Luiz Fernando Arêas

O FILHO DO HOMEM SERIA ENTREGUE

Bom dia.


Leia Atos 2.22-24

Diversas vezes lemos nos evangelhos a advertência de Jesus aos seus discípulos de que ele seria entre que nas mãos dos pecadores.


Ele não caiu numa armadilha preparada por Judas e pelo diabo. Ele foi entregue.


Ele não foi encurralado pelos soldados e preso no jardim. Ele foi entregue.


Ele não se viu sem saída diante de Pilatos e de uma multidão enfurecida, que clamava pelo seu sangue. Ele foi entregue.


Ele foi entregue por quem? Por Deus.


"Contudo, foi da vontade do Senhor esmagá-lo e fazê-lo sofrer..."

(Isaías 53.10)


O próprio Jesus se entregou...


"E vivam em amor, como também Cristo nos amou e se entregou por nós, como oferta e sacrifício de aroma agradável a Deus."

(Efésios 5.2)


Ele foi entregue por quê? Porque desde a eternidade, antes mesmo da criação, esse era o plano de Deus.


Antes de Deus dizer "Haja luz", na eternidade, Ele disse: "Haja cruz".


Ele foi entregue por nós, por mim e por você.

"Ele foi entregue conforme o plano preestabelecido por Deus e seu conhecimento prévio daquilo que aconteceria."

(Atos 2.23)


Nós nos desviamos (Isaías 53.6) O plano eterno de Deus era entregar Jesus para morrer no nosso lugar, nos salvar dos nossos pecados, nos trazer de volta a Ele, como o irmão mais velho da parábola do filho pródigo deveria ter feito com o irmão perdido.


"Mas Deus nos prova seu grande amor ao enviar Cristo para morrer por nós quando ainda éramos pecadores."

(Romanos 5.8)


A única resposta adequada a essa entrega de Jesus é nos entregarmos a Ele, de corpo e alma, toda a nossa vida, e depositá-la aos pés da cruz, reconhecendo que e o grande Amor de Deus por nós e os nossos pecados o levaram lá.


Cristianismo é a entrega total de tudo o que conheço de mim a tudo o que conheço de Jesus Cristo.

William Temple, 1881-1944






23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

HAJA CRUZ