• Luiz Fernando Arêas

O PADRÃO ACIMA DO PADRÃO

Bom dia.


Leia Mateus 5.17-20.


O padrão do cristão é acima do padrão. Essa é uma maneira de resumir o Sermão do Monte (Mateus 5, 6 e 7), no qual Jesus descreve a ética do cristão, sua práxis, seu estilo de vida.

O padrão do cristão é mais elevado do que o do não cristão simplesmente porque o cristão não é deste mundo, mas de outro, do Reino dos Céus. John Stott comenta:


A justiça do cristão é maior do que a justiça dos fariseus porque é mais profunda, porque é uma justiça do coração. Desde Freud, fala-se muito em "psicologia profunda"; a preocupação de Jesus era pela "moralidade profunda". 
Os fariseus contentavam-se com uma obediência externa e formal, uma conformidade rígida à letra da lei; Jesus ensina-nos que as exigências de Deus são muito mais radicais do que isto. A justiça que lhe agrada é uma justiça interna, de mente e de motivação, pois o Senhor () o coração.

É significativo Lucas colocar as narrativas do fariseu e o publicano e do jovem rico uma após a outra, e, no meio delas, a cena de Jesus com as crianças (Lucas 18.9-17). O fariseu da narrativa jejuava duas vezes por semana e era dizimista fiel; o jovem rico observava a maioria dos mandamentos de Deus desde a mocidade; mas nenhum deles, apesar da sua religiosidade, se submetiam a Deus. Viviam para si mesmos.


Já o "pecador" publicano, que demonstra humildade e suplica o perdão de Deus, e as crianças, com sua simplicidade e submissão, estão bem mais próximos de Deus. Os menos poderosos, os menos ricos, os menos influentes têm maior perspectiva de entrar no Reino do que os que são mais poderosos, ricos e influentes.


Afinal de contas, o que Deus quer de mim? O profeta Miqueias, no seu capítulo 6, responde a essa questão fundamental:

Que podemos apresentar ao Senhor? Devemos trazer holocaustos ao Deus Altíssimo? Devemos nos prostrar diante dele com ofertas de bezerros de um ano? Devemos oferecer ao Senhor milhares de carneiros e dez mil rios de azeite? Devemos sacrificar nossos filhos mais velhos para pagar por nossos pecados? 8 Ó povo, o Senhor já lhe declarou o que é bom e o que ele requer de você: que pratique a justiça, ame a misericórdia e ande humildemente com seu Deus.

A justiça, a misericórdia e a humildade devem andar sempre juntas na vida do cristão, na presença de Deus. Esse é o padrão acima do padrão.



25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo