• Luiz Fernando Arêas

NÃO HAVIA LUGAR PARA JESUS

Bom dia.


Leia Lucas 2.1-7


Em João 1.3, lemos:

"Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito."

Em Colossenses 1.15,16, lemos:

"pois nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos ou soberanias, poderes ou autoridades; todas as coisas foram criadas por ele e para ele. Ele é antes de todas as coisas, e nele tudo subsiste."

Com essas duas passagens em mente, vemos o tamanho do absurdo não haver um lugar decente para Jesus nascer. O dono de todas as coisas, criador de tudo que existe, se sujeita a nascer num lugar fétido, bem longe das imagens românticas dos cartões de natal.


Não havia lugar para Jesus na hospedaria. Há lugar para ele no natal do século XXI? Se você olhar as decorações grandes avenidas e shoppings, responderá que não.


Billy Graham (1918-2018), comentando esse texto, escreveu:

O dono de hospedaria não era hostil; não se opôs a eles, mas o lugar estava abarrotado; as mãos dele estavam cheias; sua mente, preocupada. 
Esta é a resposta que milhões estão dando hoje. Como o dono da hospedaria de Belém, eles não encontram lugar para Cristo. Todos os alojamentos nos seus corações já estão cheios por outros interesses. Sua resposta não é o ateísmo, nem um desacato. É a sensação de ser capaz de viver bem sem o Cristianismo. 


Bem adequado concluir essa meditação ouvindo e meditando na obra imortal Aleluia, do compositor alemão Handel:



O reino deste mundo se tornou O reino do nosso Senhor e do seu Filho, E Ele reinará para sempre e sempre!
Rei dos reis e Senhor dos senhores E Ele reinará para sempre e sempre! Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia!

47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo