• Luiz Fernando Arêas

DIGNO É O CORDEIRO!

Bom dia.


Leia: Apocalipse 5.1-14


A visão de João do trono no céu no capítulo quatro continua no cinco.

Este é um dos mais belos capítulos da Escritura! Deve ser relido com frequência, de coração aberto, vislumbrando cada cena e personagem no palco do universo.


A adoração oferecida ao Criador em cânticos pelos quatro seres viventes e pelos anciãos é momentaneamente interrompida, porque surge um livro (rolo) selado com sete na mão de Deus.


Não foi encontrado no céu, na terra e debaixo da terra ninguém digno de abrir o livro, nem de olhar para ele. Por causa disso, João chora muito. Aí aparece Jesus, o Leão da tribo de Judá, que é também o Cordeiro de Deus. Ele termina com o suspense, vem e toma o livro da mão de Deus. E o choro de João se transforma em regozijo!


Novamente, os seres viventes e os anciãos irrompem em adoração. A eles juntam-se milhares e milhares, milhões e milhões de anjos. Finalmente, todas as criaturas existentes no céu, na terra, debaixo da terra e no mar, e tudo o que neles há, completam o grande coral do universo. Que quadro maravilhoso! Toda a criação ao redor do trono adorando o que está sentado no trono e o Cordeiro. Cada criatura desempenhando sua vocação de adoradora do Deus vivo e do Cordeiro!


Duas imagens me vêm à mente quando leio esse capítulo. A primeira é de uma grande orquestra. Ela está funcionando em perfeita harmonia, com seus músicos nos lugares certos, seus instrumentos afinados, tocando suas partituras com maestria, produzindo uma belíssima sinfonia.


Essa perfeita harmonia me remete a outra imagem, a do jardim do Éden, capítulos um e dois de Gênesis. Lá também, tudo funcionava perfeitamente. Antes da desastrosa queda do capítulo três, cada criatura “tocava” sua parte da sinfonia, numa harmonia irretocável. Então veio o pecado desafinando todos os relacionamentos...

"Pois sabemos que, até agora, toda a criação geme, como em dores de parto." (Romanos 8.22)

O Cordeiro de Deus pagou o preço para colocar toda a criação novamente em harmonia com o Criador. Os vírus, as queimadas, as enchentes, e todas as catástrofes e doenças, serão sanados. Por isso, Ele é digno! Digno de abrir o livro da nossa história. Digno de receber o poder, riqueza, sabedoria, força, honra, glória e louvor!


Por meio de Cristo podemos afinar nosso relacionamento com Deus e com os outros. Assuma seu lugar na orquestra e “toque” sua vida para Deus. 

Para encerrar, compartilho a bela "Canção do Apocalipse", ministério Avivah, cuja primeira frase é DIGNO É O CORDEIRO.


23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo