• Luiz Fernando Arêas

ADORAÇÃO

Bom dia.


Leia: 2Samuel 12.13-23


Após ter adulterado com Bate-Seba e mandado matar o marido dela, Davi é confrontado pelo profeta Natan. Ele confessa seu pecado e recebe o perdão de Deus, embora seus atos ainda trariam sérias consequências para si e sua família.

Bate-Seba dá à luz a uma criança que adoece gravemente. Davi jejua, intercede uma semana por ela, mas a criança morre. Após isso, o rei toma banho, se perfuma e entra no santuário para adorar ao Senhor. Dessa maneira, Davi demonstrou claramente sua humilde aceitação dos resultados disciplinares do seu pecado. Na presença de Deus não há o que esconder, e Davi sabe disso. Rendido, ele adora ao Senhor no seu santuário.


A Santidade do Senhor faz nossa pecaminosidade vir à tona. Depois, ele escreve o magnífico Salmo 51 (possivelmente o Salmo 32 também).


É impressionante como algumas pessoas não valorizam a adoração na igreja. Ficam com a atenção dispersa durante o culto, como se estivessem ali apenas para ouvir e cantar músicas.


Quando adoramos o Senhor, ficamos como nus na presença dele, sem ter nada a esconder. Confessamos nosso pecado, nos rendemos a Ele e rogamos Sua graça sobre nós. Ficamos conscientes de que estamos diante da presença do Rei dos reis, do Senhor dos senhores, do Todo-Poderoso, Criador de todo universo.


O que é adoração? A melhor resposta que conheço a essa pergunta é a definição de William Temple:


É a submissão de todo o nosso ser a Deus;
É uma consciência clara da Sua santidade;
É a nutrição da mente pela Sua verdade;
É a purificação da imaginação pela Sua beleza;
É a abertura do coração ao Seu amor;
É a rendição da vontade ao Seu propósito.
William Temple, 1881-1944

Que sentimentos vêm ao seu coração quando você entra na presença de Deus?


Oração

Senhor, eu te suplico: faz de mim um adorador segundo o teu coração; lava-me do meu pecado; restaura-me com tua graça. Em nome de Jesus. Amém.


Há mais restauradora alegria em cinco minutos de adoração do que em cinco noites de folia.

A. W. Tozer, 1897-1963

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo